Super Maxi - Pertinho de você

A Origem do Sal

Foto Divulgação

Para começar, convém esclarecer que existem dois tipos de sal: o sal marinho e o sal de mesa.

O primeiro é obtido através da evaporação da água do mar e é principalmente utilizado na cozinha e em produtos de cosmética. Já o segundo é produzido através da “refinação” do sal marinho ou através de sal rochoso (halite) que é extraído de minas de sal.

Um dos maiores segredos que os oceanos do nosso planeta continuam a guardar a sete chaves, até mesmo dos melhores cientistas, é a origem da sua salinidade.

Sabe-se que a água do mar contém a quase totalidade dos elementos químicos naturais que conhecemos. Mas o elemento que existe em maior proporção é o cloreto de sódio, pois sozinho representa cerca de 30% dos sais dissolvidos nos oceanos.

Apesar disso e de todas as investigações, as já feitas e aquelas ainda em curso, ainda ninguém conseguiu definir ao certo de onde ele veio. Há no entanto duas teorias que predominam.

A mais antiga, levanta a hipótese de que o sal dos mares tenha tido origem na dissolução de rochas terrestres, por ação de erosão das águas da chuva e pelas correntes dos rios que desaguam nos oceanos. Mas esta teoria acabou por ser questionada devido a uma pequena experiência, que entretanto foi realizada.

Compararam os sais dissolvidos nas correntes que os rios transportam, com a composição desses mesmos sais na água do mar e rapidamente concluíram que teria sido muito improvável que todo o sal sal presente nos oceanos tivesse a sua origem na dissolução de rochas terrestres.

E foi com o enfraquecimento da teoria anterior que os oceanógrafos formularam outra hipótese: a de que o sal poderá ter aparecido devido a processos vulcânicos ocorridos no fundo dos oceanos.

Esta teoria alega que a erupção submarina de lavas vindas do manto terrestre, que fica imediatamente abaixo da crosta, misturaram nos oceanos um tipo de água conhecida como “água juvenil”, a qual quimicamente deriva do magma, pelo que atualmente é conhecida como água magmática. Este tipo de água nunca existiu na superfície terrestre e sabe-se que a sua constituição química é profundamente rica em cloretos, sulfatos, brometos, iodetos, carbono, cloro, boro, nitrogênio, e mais substâncias.

Esta mistura de componentes, injetada ao longo de milhões de anos nos oceanos, poderá ter sido a origem da sua salinidade.

Clique aqui e confira agora nossas ofertas!

Origem das Coisas


Veja Mais

Quem gosta de acordar e sentir aquele cheiro gostoso de café?


Essa oferta está imperdível!


Dia do Abraço

Super Maxi - Pertinho de você

Super Maxi - Pertinho de você