Super Maxi - Pertinho de você

Origem do Dia das Mães

Foto Divulgação

A comemoração do Dia das Mães, como o conhecemos, teve origem nos Estados Unidos no início do século XX. Foi uma simples cidadã americana, Anna Jarvis, do Estado da Virgínia Ocidental, que iniciou a campanha para instituir o Dia da Mãe.

Em 1905, Anna Jarvis perdeu sua mãe e entrou numa enorme depressão, não conseguindo lidar com a perda. Preocupadas com o seu sofrimento, algumas das suas amigas resolveram perpetuar a memória da sua mãe com uma festa em sua honra. Anna ficou tão sensibilizada com o ato que achou que a festa devia ser estendida a todas as mães, vivas ou mortas, através da criação de um dia em que todos os filhos e filhas se lembrassem e homenageassem as suas mães. A ideia era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais.

Durante os três anos seguintes Anna dedicou-se a fazer campanha para que fosse criado o Dia da Mãe. O evento mais importante da sua campanha deu-se a 10 de maio de 1907, quando foi celebrado o primeiro Dia das Mães, na igreja de Grafton, reunindo praticamente família e amigos. Nessa ocasião, Anna Jarvis enviou para a igreja 500 cravos brancos, que deviam ser usados por todos, e que simbolizavam as virtudes da maternidade.

Ao longo dos anos enviou mais de 10.000 cravos para a igreja de Grafton – encarnados para as mães ainda vivas e brancos para as já desaparecidas – e que são hoje considerados mundialmente como símbolos de pureza, força e resistência das mães.

A primeira celebração oficial deu-se em 26 de abril de 1910, quando o governador de Virgínia Ocidental, William E. Glasscock, incorporou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado.

Rapidamente outros estados norte-americanos aderiram à comemoração, ao ponto de, em 1914, o então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, ter unificado a sua celebração em todos os estados estabelecendo que o Dia Nacional da Mãe deveria ser comemorado sempre no segundo domingo de maio. A sugestão dessa data foi da própria Anna Jarvis.

Em pouco tempo, mais de 40 países adotaram o mesmo costume apesar de cada um escolher diferentes datas ao longo do ano para homenagear aquela que nos põe no mundo.

Em Portugal este dia já foi comemorado em 08 de dezembro (Dia da Nossa Senhora da Conceição – Padroeira de Portugal). Atualmente é celebrado no primeiro domingo de maio em homenagem a Maria, mãe de Cristo.

Apesar de ter passado quase um século, o amor que foi oficialmente reconhecido no início do século XX é o mesmo amor que é celebrado hoje e, à nossa maneira, podemos fazer deste um dia muito especial.

Origem das Coisas


Veja Mais

Como organizar suas compras de supermercado


Petiscos + bebidas + amigos Ideal para o fim de semana


Dicas para Limpar vidros

Super Maxi - Pertinho de você

Super Maxi - Pertinho de você